GUIA DA TEMPORADA – Cristiano Felício

 

Uma das maiores surpresas da última temporada, Cristiano Felício conquistou seu espaço no Bulls de 2016/17.

Situação contratual (via Spotrac):

felicioa

  • Em 2017, o jogador é agente livre restrito e o valor que consta na tabela é da qualifying offer.

Médias por jogo na temporada 2015/16 (31 jogos): 3.4 pontos, 3.3 rebotes e 0.8 assistências (em 10.4 minutos).

Aproveitamentos na temporada 2015/16: FG% .556 e FT% .714. (via Baskteball Reference).

Foi tudo muito rápido para Cristiano Felício na sua primeira temporada na NBA. Ele foi convidado para disputar a Summer League de 2015 pelo Chicago Bulls e assinou um contrato não garantido com o time no meio de julho. Ao contrário do que muitos pensavam, o brasileiro não foi cortado e permaneceu no time principal, mesmo com um garrafão cheio. Em dezembro, foi enviado para a D-League e jogou muito bem, esbanjou confiança e mostrou seu bom chute, coisa que não estava tão clara até o momento. Com as lesões de Joakim Noah, Taj Gibson e Nikola Mirotic, Felício teve a primeira chance na rotação chicagoana em fevereiro e fez bonito.

A melhora do time quando Felício entrava em quadra era notória. Na defesa, ele não parecia um novato: tem grande noção de posicionamento, sabe proteger o aro e defende o pick and roll com maestria. Na parte ofensiva, o camisa #6 impressionou os americanos com uma combinação de mobilidade e finalização perto do aro que não é característica da maioria dos pivôs. Por causa dessas qualidades, ele conseguiu ser o fator surpresa em várias partidas e liderou diversas runs com a segunda unidade. Desses jogos, dois deles são, sem dúvidas, os principais: Bulls vs Raptors (19/02/2016), que foi a primeira vez na temporada que Felício jogou mais de 10 minutos e correspondeu às expectativas, sendo o protagonista de uma virada no terceiro quarto, e Bulls vs Cavs (16/05/2016), partida a qual o pivô jogou tão bem (16 pontos e 5 rebotes – veja o vídeo) que roubou o lugar de Pau Gasol nos momentos decisivos.

Além de uma ter feito boa temporada, o jogador que foi apelidado de “The Brazilian Beast” teve uma offseason proveitosa: foi campeão da Summer League 2016 e competiu nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Ao que tudo indica, Felício será o backup do center titular Robin Lopez. Ele se beneficiará muito com a chegada de playmakers a Chicago. Rajon Rondo, Dwyane Wade, Denzel Valentine e Jerian Grant facilitarão a vida do brasileiro, que na temporada passada dependia dos passes de Aaron Brooks. Felício não tem contrato garantido para a próxima temporada, mas é certo que não será dispensado. Sobre situação contratual, o que há de se levar em conta é que na próxima offseason ele será agente livre restrito (Bulls pode cobrir qualquer oferta). Isso pode servir como motivação extra.

E você, torcedor, o que espera de Cristiano Felício para a próxima temporada?

Anúncios

Um comentário em “GUIA DA TEMPORADA – Cristiano Felício

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: