Resumo Semanal: 8/12 – 15/12

Sem Jimmy Butler, Dwyane Wade e Nikola Mirotic, a semana dos Bulls, que já seria cheia, se tornaria mais complicada devido aos desfalques. O herói das vitórias segue o mesmo, e com tanta ausência, coube recorrer a um velho conhecido ‘debutar’ em 2017.

Na semana anterior

  • Campanha dos Bulls antes das partidas era de 19-18.
  • Campanha na semana anterior foi de 3-0.
  • Jimmy Butler se juntaria a Michael Jordan como os únicos jogadores da história da franquia a terem mais de uma partida com 50+ pontos
  • JB foi o jogador da semana anterior na Conferência Leste

Jogo-a-Jogo

09/01/17 – Oklahoma City Thunder 109 @ Chicago Bulls 94

A semana já começaria com um jogaço entre Bulls e Thunder, de Russell Westbrook. Mas deu tudo errado na segunda para Chicago. Jimmy Butler, que não estava 100% e foi para o jogo, teve a sua pior partida da temporada, com apenas 1 ponto em 28 minutos. E ainda saiu no meio do confronto, sem nenhuma condição de jogo. Dwyane Wade, destaque do time na noite, foi vítima de ‘fogo amigo’ após uma trombada e uma pancada na cabeça de Nikola Mirotic. De positivo, Cristiano Felício, o ‘Brazilian Beast‘, anotou seu segundo double-double na carreira.

Destaques
Dwyane Wade: 22 pontos e 6 assistências
Michael Carter-Williams: 15 pontos
Cristiano Felício: 11 pontos e 11 rebotes

10/01/17 – Chicago Bulls 99 @ Washington Wizards 101

Sem Wade (poupado), Butler (febre) e Mirotic (virose), coube a Fred Hoiberg recorrer a um jogador que estava encostado. Sim, Rajon Rondo voltaria para a rotação da equipe contra Washington. Quem esperava um passeio do time da capital, se enganou. Chicago, por não ter uma ‘referência’ em quadra, apostou no coletivo e surpreendeu nos primeiros 24 minutos, dando a impressão que venceria até com certa tranquilidade (até TAJ GIBSON acertou uma bola de três. A segunda na carreira). Mas no segundo tempo, John Wall chamou o jogo para si, recolocou os Wizards no jogo e foi premiado com o game winner (o primeiro da carreira).

Destaques
Denzel Valentine: 17 pontos (5-11 na bolas de três)
Robin Lopez: 14 pontos e 6 rebotes
Michael Carter-Williams: 14 pontos e 7 rebotes
Bobby Portis: 13 pontos e 7 rebotes
Rajon Rondo: 12 pontos e 6 assistências
Taj Gibson: 10 pontos e 12 rebotes

12/01/17 – Chicago Bulls 89 @ New York Knicks 104

Com a volta de Wade, mas ainda sem JB e Miro, Hoiberg decidiu fazer uma aposta que pegou muita gente de surpresa: o alemão Paul Zipser, draftado pelo Bulls na segunda rodada do último draft, estaria no quinteto titular da equipe. Rajon Rondo faria sua segunda partida seguida e, assim, se tornando o sexto homem da rotação. A partida em NY foi equilibrada no primeiro tempo, mas os Knicks, mesmo sem o letão Kristaps Porzingis, controlou o jogo no segundo tempo, liderados por Melo e D-Rose. D-Wade até tentou, mas já era tarde.

Destaques
Dwyane Wade: 22 pontos
Jerian Grant: 14 pontos e 4 assistências
Cristiano Felício: 13 pontos
Taj Gibson: 12 pontos e 9 rebotes
Rajon Rondo: 8 assistências

14/01/17 – New Orleans Pelicans 99 @ Chicago Bulls 107

JB voltou e a vitória veio junto. Ainda sem Mirotic, os Touros até tiveram alguns sustos contra os Pelicans do futuro jogador dos Bulls de Anthony Davis. O Monocelha fez sua parte, mas Butler queria mostrar serviço, e fez o que vem fazendo: liderando o time em quadra. Há de se fazer uma ressalva para o trabalho nos rebotes. Foram nada menos do que 63 rebotes ao todo, sendo 21 só de ataque. Só RoLo (9) teve mais rebotes de ataque que o time de NOLA inteiro (6) no sábado.

Destaques
Jimmy Butler: 28 pontos, 8 rebotes, 6 assstências, 4 roubos de bola e 2 tocos
Dwyane Wade: 22 pontos, 5 rebotes e 5 assistências
Taj Gibson: 15 pontos e 16 rebotes

15/01/17 – Chicago Bulls 108 @ Memphis Grizzlies 104

No segundo back-to-back da semana, o tradicional jogo de Martin Luther King Day contra os Grizzlies, no Tennessee. Sem Wade (poupado), a equipe teve problemas com a pontaria no primeiro quarto. A partir do segundo quarto, Doug McDermott apareceu pro jogo e, de quebra, teve a sua melhor partida da carreira, pontuando de todas as maneiras possíveis. Um dos momentos da noite foi o ‘face pass‘ de Lopez para a cravada de Gibson, no terceiro quarto. Mas no final, brilhou Jimmy Butler. Além de crescer nos últimos minutos e dar a vantagem para Chicago (104-102) com uma cesta deixando dois marcadores de Memphis para trás (faltando 26 segundos para a buzinada final), ainda conseguiu interceptar um fundo bola dos Grizz a 5.5 segundos do fim e selar a vitória dos Bulls.

Destaques
Doug McDermott: 31 pontos (career high) e 6 rebotes
Taj Gibson: 18 pontos e 8 rebotes
Jimmy Butler: 16 pontos, 8 rebotes, 6 assistências e 3 roubos de bola
Michael Carter-Williams: 14 pontos e 7 rebotes

Próximos Jogos: vs. Mavericks (17/01), @ Hawks (20/01) e vs. Kings (21/02)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: